Projetos

Finalizado

Período Financiador Nome do Projeto Descrição Coordenador
2010-2011 Fapeal Analise do Ciclo de Vida da Fertirrigação da Vinhaça

O Brasil produz cerca de 622 milhões de toneladas de cana numa área plantada de 7,8 milhões de hectares com uma produção de 31,6 milhões de toneladas de açúcar, 26.7 bilhões de litros de etanol e uma produção de cachaça de 1,5 bilhões de litros. Segundo a EMBRAPA, 2009, a indústria sucroalcooleira gerando um milhão de empregos diretos e 2,6 milhões de empregos indiretos. O grande incômodo resultante desse processo de expansão do setor sucroalcooleiro será a enorme quantidade de vinhaça produzida. Se o atual cenário for mantido, ou seja, se nenhuma medida mitigora do potencial de geração da vinhaça for adotada, como por exemplo, a recirculação, estima-se que somente as novas destilarias irão produzir 13.358.358 m de vinhaça/ano. A recirculação de vinhaça ainda é um processo em fase de estudos, existente somente para plantas pilotos em escala reduzida, inviável para aplicação industrial em larga escala. Segundo Rosenfeld (2003) o setor sucroalcooleiro é o que melhor uso faz dos efluentes gerados, sendo que esse uso não se dá apenas devido a crescente consciência ambiental, mas principalmente porque os efluentes produzidos têm grande quantidade de nutrientes e não apresentam metais pesados em sua constituição. Em certas ocasiões podem ser registradas na constituição da vinhaça pequenas quantidades de antibióticos e ácidos usados na descontaminação ou lavagem dos equipamentos, os quais não interferem no potencial fertilizante deste resíduo. Atualmente, o Brasil conta com 653.312 hectares de áreas fertirrigadas, o que corresponde a um total de 12,44% da área cultivada. Alagoas é o quarto maior estado produtor de cana-de-açúcar do país, o segundo maior produtor de açúcar e ocupa atualmente a sétima colocação na produção de álcool no Brasil (Fonte: Sindicato da Indústria do Açúcar e Álcool no Estado de Alagoas). O estado de Alagoas ocupa o primeiro lugar na produção de cana no Nordeste com uma produção de 29.837.440 toneladas de cana (Safra 2007/2008).

Profa. Karina Ribeiro Salomon
2008-2010 Finep Asub - Integração dos instrumentos de Outorga, Enquadramento e Cobrança para a Gestão das Águas Subterrâneas

O objetivo geral do Projeto é estabelecer critérios para a outorga dos direitos de uso da água, para o enquadramento dos corpos d'água e para a cobrança pelo uso da água, de forma integrada, com aplicação às águas subterrâneas em bacias interioranas e costeiras. Três bacias, em diferentes contextos hidrológicos e sócio-econômicos, serão utilizadas para desenvolvimento e teste das metodologias: a do rio Paraíba do Norte, na Paraíba, a da Região Hidrográfica do Pratagy, em Alagoas, e a do rio Santa Maria, no Rio Grande do Sul. Cada bacia se constituirá em um sub-projeto.

Profa. Cleuda Custódio Freire
2009-2011 CNPq Barragem Carangueja: Abastecimento e Aquicultura

Este projeto é apoiado pelo Edital CNPQ 27/2008 e trata do estudo de qualidade e quantidade das águas do reservatório Carangueja localizada no agreste alagoano.

Prof. Valmir de Albuquerque Pedrosa
2008-2009 Fapeal DIAGNÓSTICO DA QUALIDADE DAS ÁGUAS SUBTERRÂNEAS NAS PROXIMIDADES DOS CEMITÉRIOS DA PARTE BAIXA DA CIDADE DE MACEIÓ - AL

Este trabalho tem como objetivo avaliar a qualidade físico-química e microbiológica das águas subterrâneas nas imediações de cemitérios em operação na parte baixa da cidade de Maceió - AL.

Profa. Cleuda Custódio Freire
2008-2011 Capes Aquisição de analizador de Carbono Organico Total para aprimoramento das pesquisas de degradação de materia organica em tratamento de águas residuárias

Projeto aprovado no âmbito do Programa AUX-PE-PRO-EQUIPAMENTOS 2180/2008 da CAPES

Profa.Nélia Henriques Callado
2011-2012 CNPq Avaliação Quali-Quantitativa dos Estoques Naturais de Mytella Falcata no Complexo Estuarino Lagunar Mundaú-Manguaba (Edital PIBIC 2011-2012)

O molusco sururu (Mytella charruana) é a espécie mais representativa do Complexo Estuarino Lagunar Mundaú-Manguaba (CELMM) sendo utilizado como fonte de alimento e de renda para milhares de famílias de vários municípios alagoanos, incluindo a capital Maceió. Este molusco é sensível a mudança das concentrações de salinidade e sua ocorrência também está relacionada com os padrões hidrodinâmicos locais e de qualidade da água. Nas últimas décadas, foi observada uma forte redução da extração do sururu no CELMM em função das cheias, assoreamento e poluição. Em razão da perda de produtividade desta espécie e da sua importância sócio-econômica e ambiental do sururu para o Estado de Alagoas, fica evidente a necessidade da implementação de medidas mitigadoras visando recuperar a produtividade e o uso sustentável desta espécie. O objetivo deste trabalho é estimar sazonalmente os estoques naturais do sururu no CELMM, determinar sua distribuição por classe de comprimento e avaliar a qualidade do marisco pescado (composição química do sururu). Também será utilizando a série histórica de dados de qualidade de monitoramento realizados pelo Instituto de Meio Ambiente (IMA/AL) para avaliar a influência da qualidade da água na distribuição e desenvolvimento do sururu. Como a ocorrência e produtividade do sururu é influenciada por aspectos relacionados a qualidade da água, este estudo poderá indicar quais os principais fatores e fontes de poluição que limitam o estabelecimento do sururu no CELMM.

Prof. Carlos Ruberto Fragoso Jr.
2006-2009 Finep Bacias Experimentais e Representativas da Rede de Hidrologia do Semi-árido

O semi-árido nordestino do Brasil tem sofrido continuamente com uma carência de recursos hídricos. Grande parte desta região é conhecida como polígono das secas devido à freqüente ocorrência de secas que provocam um grande sofrimento humano resultando em sérios problemas socioeconômicos na região. A região é caracterizada por uma grande variação temporal e espacial da precipitação, sendo a estação chuvosa num único período de 3 a 5 meses. A necessidade de suprir as demandas de água durante o longo período de estiagem exige técnicas criteriosas de gestão dos recursos hídricos da região, o que, por sua vez, demanda conhecimentos detalhados dos processos hidrológicos da região. Portanto, novos estudos em baicas experimentais e/ou representativas, que possam gerar conhecimentos e metodologias apropriadas para avaliação de balanço hídrico em diferentes escalas espaciais e temporais, através de identificação dos principais processos hidrológicos e sua modelagem, são extremamente importantes.

Prof. Vladimir Caramori Borges de Souza
2006-2009 Fapeal e CNPq Caracterização de uma bacia hidrográfica urbana como suporte para o gerenciamento integrado

O objetivo geral do projeto DCR (Desenvolvimento Científico Regional) é fornecer informações úteis para o gerenciamento de bacias hidrográficas urbanas de Maceió. Estas informações dizem respeito à caracterização hidrológica, avaliando todos os fatores pertinentes ao ciclo hidrológico da bacia, buscando inferir cenários de evolução do estado destes fatores. Os objetivos específicos são: 1) Caracterizar em detalhes a bacia hidrográfica do Riacho Reginaldo, procurando identificar todos os fatores intervenientes no sistema de drenagem, como ocupação do solo, pontos de alagamento, pontos de retenção de resíduos sólidos e sedimentos, caracterização fisiográfica, serviços públicos, entre outros. 2) Montar um quadro geral da situação: através de mapas, por exemplo, mostra-se a situação global da bacia. 3)Fazer uma previsão de cenários da situação da bacia para os períodos futuros.

Prof. Marlllus Gustavo Ferreira Passos das Neves
2006-2009 CNPq Casadinho - Definição de Critérios para Elaboração de Plano de Gestão Ambiental Integrada de Bacias Urbanas

O trabalho proposto teve como objetivo contribuir para a melhoria do meio ambiente, da saúde e da qualidade de vida, promovendo a despoluição dos riachos e córregos formadores da bacia hidrográfica do Reginaldo, através de estudos de soluções adequadas de coleta e tratamento de esgotos e drenagem urbana, a fim de atingir os seguintes objetivos específicos: " Apresentar propostas de despoluição do Riacho Reginaldo através da redução da carga orgânica; " Propor técnicas que permitam eliminar os lançamentos de esgotos sem tratamento no riacho; " Propor técnicas que permitam Evitem os lançamentos de águas pluviais em redes coletoras de esgotos; " Propor técnicas que permitam Evitem os lançamentos de esgotos em galerias de águas pluviais; " Estudar e propor tecnologias de tratamento de esgotos com remoção de nutrientes que possa ser aplicada à região estudada; " Fazer um diagnóstico dos pontos de alagamentos da cidade de Maceió, identificando as principais deficiências do sistema para a proposição de soluções para estes problemas.

Profa. Rosangela Sampaio Reis
2011-2012 CNPq Estudo dos Impactos das Mudanças Climáticas no Regime Hidrológico da Bacia Hidrográfica do rio Mundaú (Edital PIBIC 2011-2012)

O Estado de Alagoas vem sofrendo grandes danos devido a eventos históricos de cheias naturais. A última cheia ocorrida em junho de 2010 nas bacias dos rios Paraíba e Mundaú teve repercussão nacional, causando mortes, destruição de casas, pontes e estradas. O gerenciamento de recursos hídricos é um campo de atuação multidisciplinar com diversas alternativas de análise. Uma destas alternativas é a modelagem hidrológica. Desta forma, este trabalho tem o objetivo de caracterizar o regime hidrológico e avaliar o efeito de mudanças climáticas na bacia do rio Mundaú utilizando um modelo hidrológico distribuído, denominado MGB-IPH. Os resultados deste projeto podem subsidiar o processo de tomada de decisão visando o gerenciamento adequado dos recursos hídricos desta bacia, diagnosticando e minimizando a vulnerabilidade da região, sobretudo nos períodos de cheia e estiagem.

Prof. Carlos Ruberto Fragoso Jr.
2003-2005 Banco do Nordeste do Brasil S/A e Pibic Gestão e tratamento de resíduos em industria de processamento de coco

Projeto desenvolvido no ambito do edital BNB -ETENE/FUNDECI 2002, em parceria com a Cooperativa Pindorama, com 1 bolsista PIBIC/UFAL sob a orientação da Profa. Nélia Callado, que é a vice coordenadora do projeto. A industria de alimentos é não somente um dos setores de maior produção, sendo merecedor de destaque, mas também um dos que mais produzem resíduos sólidos, líquidos e gasosos que são lançados no meio ambiente. A industria de processamento de coco tem mercado certo e representa uma significativa parcela da economia. Em Alagoas existem três importantes industrias de processamento de coco, entre elas a Cooperativa Pindorama, a maior Cooperativa Agropecuária e Industrial do Nordeste, que tem atualmente uma produção de 1.000 caixas de leite de coco e 1.000 kg de coco ralado por dia. O objetivo deste trabalho é caracterizar o efluente líquido gerado na linha de produção de produtos e coco, e acompanhar a partida de um reator biológico aeróbio, do tipo RBS, para tratamento desse resíduo.

Profa.Nélia Henriques Callado
2009-2011 Finep Hidrochuv - Estudo dos impactos das mudanças climáticas na região da bacia hidrográfica do rio Paraíba

O objetivo geral deste projeto, sob coordenação geral da Secretaria de Estado do meio ambiente e dos recursos hídricos, é a elaboração dos cenários das mudanças climáticas em uma bacia hidrográfica de grande representatividade no estado de Alagoas, a bacia do rio Paraíba, onde será diagnosticado a vulnerabilidade da região, principalmente na sua disponibilidade hídrica. Este estudo servirá de base para as demais bacias hidrográficas do estado de Alagoas, sendo elaborado a frequência e intensidade dos déficts hídricos da região. Este projeto visa à tecnologia da informação através de uma rede regional, formada por instituições de pesquisa e de monitoramento, nas áreas de clima e tempo, para monitorar os parâmetros que servirão de dados de entrada para a criação dos cenários das mudanças climáticas, com foco na geração de conhecimento interinstitucional com reflexos nas análises e previsões das referidas mudanças climáticas, bem como formar recursos humanos para o monitoramento da rede de observação estadual, indispensável para a execução dos estudos meteorológicos.

Prof. Marlllus Gustavo Ferreira Passos das Neves
2003-2006 Ufal, CNPq, Finep e S. A. Usina Coruripe Açucar e Álcool Inovações no circuito da água de lavagem da cana-de-açúcar - ICALCA

Projeto desenvolvido no âmbito do edital Carta-Convite CTHidro/Empresas: FINEP 01/2002, em parceria com a S. A. Usina Coruripe Açucar e Álcool. O projeto contou com 4 alunos de graduação, bolsistas do CNPq, sob a orientação daProfa. Nélia Callado. Entre os objetivos da Política Nacional de Recursos Hídricos, a lei nº 9.433, de 8/01/1997, em seu Capitulo II/Artigo 20/Inciso 1, estabelece a necessidade de "assegurar à atual e às futuras gerações a necessária disponi-bilidade de água, em padrões de qualidade adequados aos respectivos usos". Assim, por intermédio dos Planos Diretores de Recursos Hídricos de Bacias Hidrográficas, problemas de coleta e tratamento de esgotos e efluentes industriais foram identificados, estabelecendo-se propostas para a implementação de estratégias de saneamento. Entretanto, atividades de reuso de água de efluentes pós-tratados não são constatadas em todas as áreas. Considerando, contudo, que o reuso de água na agricultura é uma realidade em certas regiões, sendo exercido de maneira informal e sem as salvaguardas ambientais e de saúde pública adequadas, torna-se necessário promover o setor através da criação de estruturas de gestão e legislação, difusão e desenvolvimento de processos compatíveis com as condições técnicas, culturais e sócio-econômicas das dife-rentes regiões do país. É objeto deste projeto o estudo da circulação da água na indústria de açúcar e álcool, com ênfase no circuito da água de lavagem da cana-de-açúcar (ALC), buscando quantificar as demandas por processos e propor meios de redução no consumo, tratamentos e reuso da água. Para tanto, serão considerados os aspectos físico-químicos e biológicos das águas utilizadas na S.A. Usina Coruripe Açúcar e Álcool e a utilização da técnica de bioaumentação para o tratamento da ALC.

Profa.Nélia Henriques Callado
2004-2006 CNPq Modelo para Gestão de Água Subterrânea

Buscando preencher uma lacuna metodológica existente nas práticas da gestão dos recursos hídricos subterrâneos, o trabalho tem ocmo objetivo geral o desenvolvimento de metodologias para gestão de aqüíferos. Para isto são propostos dois modelos de simulação eotimização que podem ser aplicados em aqüíferos com comportamento linear. Os modelos visam auxiliar aos órgãos gestores dos recursos hídricos em suas "tomadas de decisão", quando estas se referirem à água subterrânea.

Profa. Cleuda Custódio Freire

Em Andamento

Período Financiador Nome do Projeto Descrição Coordenador
2011-Atual Finep ECOBEER/REHISA - Processos eco-hidrológicos na Bacia Experimental e Representativa de Santana do Ipanema da Rede de Hidrologia do Semiárido

Os objetivos principais do projeto, desenvolvido na bacia experimental e representativa de Santana do Ipanema, são: 1 - Monitoramento de processos hidrológicos em bacias aninhadas 2 - Avaliar a capacidade de quantificar precipitação remotamente e analisar sua variabilidade espacial e temporal; 3 - Monitoramento e modelagem do escoamento subterrâneo em leito aluvial; 4 - Identificar as espécies agrícolas e/ou florestais apropriadas às condições do semi árido; 5 - Simular o escoamento superficial por meio de modelagem distribuída, com acoplamento a SIG 6 - Identificar índices eco-hidrológicos para caracterização de rios intermitentes 7 - Analisar as alterações do regime de vazões quanto a aspectos com relevância para ecossistemas 8 - Prognosticar alterações eco-hidrológicas de corpo d'água para cenários de mudanças climáticas e uso e ocupação de solo atuais 9 - Realização de balanço hídrico em diferentes escalas; 10 - Aplicar técnicas de avaliação de incertezas nos processos estudados.

Prof. Christopher Freire Souza
2011-Atual CNPq/Universal Produção biológica de hidrogênio a partir de resíduo da suinocultura gerado no estado de Alagoas

A demanda energética é crescente no mundo moderno. O uso de combustíveis fósseis têm se tornado uma das maiores preocupações da sociedade, pois possuem fonte esgotável e sua combustão gera gases responsáveis por danos ambientais. Diante desse cenário, o hidrogênio surge como uma fonte alternativa de energia, já que possui fonte renovável e na sua combustão há apenas geração de oxigênio e água, sendo considerado um combustível limpo. Além disso, o seu conteúdo energético é aproximadamente 2,75 vezes maior do que qualquer combustível baseado em hidrocarbonetos. O processo biológico fermentativo é uma forma sustentável de produzir hidrogênio, pois pode utilizar como substrato diversos tipos de resíduos industriais e domésticos ricos em carboidratos, minimizando os problemas causados pelo descarte inadequado desse material. O resíduo da suinocultura será utilizado como substrato, por ser um resíduo gerado a partir de recursos renováveis, ser de baixo custo e abundante no setor agrícola, além de ser rico em matéria orgânica. Diante do exposto, o objetivo deste projeto é capacitar e formar recursos humanos para a pesquisa, desenvolvimento e inovação na área de hidrogênio. Para isto, será utilizado resíduo da suinocultura em reatores anaeróbios de leito fluidificado (RALF) para a produção biológica de hidrogênio. Além disto, serão utilizadas técnicas de cromatografia gasosa com a finalidade de analisar os principais subprodutos (H2, ácidos orgânicos, alcoóis) gerados a partir da fermentação do resíduo da suinocultura através dos RALF. O resíduo da suinocultura é rico em matéria orgânica, tornando um potencial substrato para a produção de hidrogênio, porém não há um destino adequado e se constitui em um produto nocivo ao meio ambiente. Para o desenvolvimento deste projeto, serão utilizados três reatores anaeróbios de leito fluidificado, para produção de hidrogênio a partir do resíduo da suinocultura, operados sob aumento progressivo da taxa de carregamento orgânico (TCO).

Prof. Eduardo Lucena Cavalcante de Amorim
2011-Atual CNPq Dinâmica da Produção e Emissão de Gases do Efeito Estufa em Lagoas e Reservatórios Subtropicais

Este projeto tem o objetivo de fornecer subsídios para o entendimento do metabolismo em lagos rasos e reservatórios sub-tropicais na emissão de gases do efeito estufa (CO2 e CH4). O projeto propõe um estudo integrado de monitoramento dos fluxos difusivos e ebulitivos de CO2 e CH4 e simulação matemática tridimensional através de modelo hidrodinâmico e ecológico. Os sistemas monitorados serão: a Lagoa Mangueira, localizada no Sistema Hidrológico do TAIM (SHT), e no reservatório Faxinal, localizado no município de Caxias do Sul/RS. A modelagem matemática será realizada através do modelo tridimensional IPH-ECO, adaptado para simulação do ciclo de carbono e produção de gases do efeito estufa em associação com a estrutura trófica e loop microbianao. Como resultado, o projeto prevê contribuir não somente com informações de fluxos de gases do efeito estufa em sistemas sub-tropicais, os quais carecem de pesquisas publicadas em journals de divulgação científica, mas, sobretudo contribuir com o desenvolvimento de uma ferramenta preditiva do comportamento do metabolismo de ecossistemas aquáticos, principalmente, no que se refere à emissão de CO2 e CH4.

Prof. Carlos Ruberto Fragoso Jr.
2012-Atual Vetenskapsradet (Suécia) Improve modellling for long- and short-term flood forecasting in temperate and semi-arid/tropical watersheds

This cooperation integrates efforts in the area of climatology and water resources engineering and, as such, characterizes a multidisciplinary cooperation. The group of scientists involved is composed by hydrologists, climatologists and engineers with a common interest in the use of atmospherical information for hydrological modeling. Such a diverse research group allows research to be developed that can focus on one of the most difficult subjects in natural sciences: the interaction of time and space scales in the hydrologic regimes in Brazilian watersheds subject to semi-arid/tropical climate. Despite of being strongly affected by severe dry periods, which may long several months, a year or persist along two or more years, flooding is also a major problem in this area. This is mostly due to shallow soils which provide rapid response to rainfall, highly concentrated in three-four months. Deficiency in infrastructure and in governmental apparatus and actions, together with lack of availability of local technically sound knowledge in this issue, substantially increase the vulnerability of the region to flooding disasters. Recently, there have been advances in the knowledge and in the use of atmospheric information, but there is still a huge scientific gap regarding the effect of climate variability and change on hydrological regimes at Brazilian semi-arid/tropical regions considering different time and space scales. Therefore, this research proposal has as a main goal filling parts of this gap by evaluating in detail precipitation forecasts and by using climate indexes, a regional atmospheric model coupled to a conceptual hydrological model, as well as, stochastic and conceptual hydrological modeling to produce short- and long-term flooding forecasts for semi-arid/tropical watersheds.

Prof. Carlos Ruberto Fragoso Jr.
2011-2012 Pibic-CNPq Alternativas para produção de hidrogênio e metano a partir da vinhaça produzida em alagoas visando à geração de energia elétrica.

Este estudo analisa as diversas tecnologias de geração de energia utilizando a vinhaça como matéria-prima, além de apresentar alternativas para planejamento e gestão desses resíduos no estado de Alagoas. 

Prof. Eduardo Lucena Cavalcante de Amorim
2012-Atual FAPEAL Avaliação do Tempo de Residência de Poluentes No Complexo Estuarino-Lagunar Mundaú-Manguaba através de Modelagem Matemática

Este projeto pretende avaliar o tempo de residência de poluentes em um sistema estuarino costeiro submetido ao efeito de maré, regime hidrológico e atividades antrópicas (lançamento de efluentes domésticos e industriais). O tempo de residência dos poluentes afeta o balanço de sedimento (assoramento) as funções ecológicas do sistema (flutuação dos recursos naturais).

Prof. Carlos Ruberto Fragoso Jr.
2012-Atual CNPq Calibração de um Modelo Hidráulico para Zoneamento de Manchas de Inundação no Município de Rio Largo/AL (Edital PIBIC 2012-2013)

As inundações estão entre os desastres naturais de maiores custos e que atingem indiscriminadamente países desenvolvidos ou em desenvolvimento. O zoneamento da ocupação urbana é uma das abordagens mais usuais para o controle de enchentes, demandando com custos inferiores em relação às intervenções estruturais Além disso o zoneamento permite ainda administrar cheias ao longo de toda a bacia, atuar diretamente nas causas dos desastres e não privar a população do convívio com o rio. Na prática, este zoneamento ocorre através de mapeamentos de risco de inundação, que podem ser utilizados tanto para o planejamento de uso e ocupação do solo quanto como mapa operacional, instrumento de defesa civil durante os eventos extremos. Em Alagoas, a cidade de Rio Largo, ribeirinha do Rio Mundaú (Alagoas Pernambuco), inserida na bacia hidrográfica do Rio Mundaú, tem sido vítima recorrente de desastres a partir de eventos hidrológicos, maximizado pela ausência de medidas de planejamento de uso e ocupação do solo. Sob esta ótica, este estudo tem como foco propor uma calibração de manchas de inundação de um modelo hidráulico visando o zoneamento de áreas inundáveis para o município de Rio Largo, onde se espera fornecer subsídios para uma ocupação urbana segura.

Prof. Carlos Ruberto Fragoso Jr.
2012-Atual CNPq Caracterização Hidrodinâmica e da Distribuição da Salinidade no Complexo Estuarino Mundaú Manguanba/AL (Edital PIBIC 2012-2013)

Os estuários têm uma importância histórica e contínua para o desenvolvimento de todas as atividades do homem. Esta afirmação é confirmada quantitativamente pelo fato de dois terços das grandes cidades distribuídas em todo mundo estarem localizadas em estuários ou em sua vizinhança imediata. Em vários países, os estuários são atrativos para a instalação de portos, pesca e turismo devido a sua alta produtividade e capacidade de renovação das águas. O Complexo Estuarino Lagunar Mundaú Manguaba (CELMM) localizado em Alagoas além de berçário para várias espécies aquáticas é habitat do molusco sururu (Mytella Charruana), espécie típica da região e fonte de alimento e renda para milharas de famílias ribeirinhas. Sua ocorrência é influenciada diretamente pelos padrões hidrodinâmicos e concentração de salinidade no estuário. Este trabalho tem como objetivo caracterizar a hidrodinâmica do CELMM utilizando o módulo hidrodinâmico do modelo IPH-ECO para grades não estruturadas e simular a distribuição de salinidade no sistema. Na discretização do domínio de simulação do CELMM será utilizada uma grade não estruturada composta apenas por elementos triangulares. O método dos volumes finitos foi adotado para a solução do sistema de equações formado pelas equações de movimento e pela equação da continuidade. Para a calibração do modelo serão utilizados dados de batimetria atualizados relativos à última campanha de medição realização para Agência Nacional de Águas (ANA) em fevereiro de 2012. O escopo do trabalho consiste em apresentar um entendimento sistemático da circulação nas Lagoas Mundaú, e Manguaba. A hidrodinâmica do CELMM tem como uma das metas auxiliar em possíveis estudos sobre o comportamento e ocorrência do sururu, bem como a implantação de medidas para a utilização sustentável dos recursos oferecidos pelo complexo estuarino.

Prof. Carlos Ruberto Fragoso Jr.
2012-Atual CNPq Dependência na Escala Tempo da Dinâmica da Qualidade da Água

Dependência na Escala Tempo da Dinâmica da Qualidade da Água de grandes lagos subtropicais.

Prof. Carlos Ruberto Fragoso Jr.
2011-2012 Pibic-CNPq Formação e capacitação de recursos humanos laboratorial para a produção biológica de hidrogênio a partir de resíduo de manipueira

Em Alagoas, a mandioca está presente em praticamente todo o território, cerca de 15.902 hectares plantados, aproximadamente 2,5% da área total do estado, esta foi a segunda maior safra agrícola dentro dos produtos em 2006 perdendo somente para a cana-de-açúcar. A maior parte da mandioca plantada em Alagoas é encaminhada para a produção de farinha, porém gera diversos resíduos sólidos e líquidos cujo impacto no meio ambiente pode ser bastante significativo se não houver um tratamento adequado. O objetivo deste projeto é capacitar e formar recursos humanos para a pesquisa, desenvolvimento e inovação na área de hidrogênio. Para isto, será utilizado resíduo de manipueira em reator anaeróbio de leito fluidificado (RALF) para a produção biológica de hidrogênio. Além disto, serão utilizadas técnicas de cromatografia gasosa com a finalidade de analisar os principais subprodutos (H2, ácidos orgânicos, álcoois) gerados a partir da fermentação do resíduo de manipueira através do RALF. A manipueira é um resíduo rico em açúcar, tornando um potencial substrato para a produção de hidrogênio, porém não há um destino adequado e se constitui em um produto nocivo ao meio ambiente

Prof. Eduardo Lucena Cavalcante de Amorim
2011-Atual CNPq Formação e capacitação de recursos humanos laboratorial para a produção biológica de hidrogênio a partir de resíduo de manipueira

Em Alagoas, a mandioca está presente em praticamente todo o território, cerca de 15.902 hectares plantados, aproximadamente 2,5% da área total do estado, esta foi a segunda maior safra agrícola dentro dos produtos em 2006 perdendo somente para a cana-de-açúcar. A maior parte da mandioca plantada em Alagoas é encaminhada para a produção de farinha, porém gera diversos resíduos sólidos e líquidos cujo impacto no meio ambiente pode ser bastante significativo se não houver um tratamento adequado. O objetivo deste projeto é capacitar e formar recursos humanos para a pesquisa, desenvolvimento e inovação na área de hidrogênio. Para isto, será utilizado resíduo de manipueira em reator anaeróbio de leito fluidificado (RALF) para a produção biológica de hidrogênio. Além disto, serão utilizadas técnicas de cromatografia gasosa com a finalidade de analisar os principais subprodutos (H2, ácidos orgânicos, álcoois) gerados a partir da fermentação do resíduo de manipueira através do RALF. A manipueira é um resíduo rico em açúcar, tornando um potencial substrato para a produção de hidrogênio, porém não há um destino adequado e se constitui em um produto nocivo ao meio ambiente.

Prof. Eduardo Lucena Cavalcante de Amorim
2011-Atual Finep H2Urb: indicadores de eficiência quali-quantitativos de drenagem em bacias urbanas e peri-urbanas

Este subprojeto se insere no projeto de pesquisa da Rede Hidroeco: Hidrograma ecológico e modelagem quali-quantitativa de bacias, formada a partir da Chamada Pública MCT/FINEP CT-HIDRO 01/2010 com as instituições seguintes: UFRJ, UFSM, EESC-USP, FEIS-UNESP, UFAL. O H2Urb possui 5 metas físicas: 1 Análise do comportamento espacial da chuva na bacia, 2 Identificação de relações quali-quantitativas entre a precipitação, o escoamento pluvial e as cargas poluidoras (resíduos sólidos e líquidos); 3 Obtenção de relações entre precipitação, escoamento pluvial e cargas poluidoras com a qualidade das águas litorâneas e uso e ocupação do solo, 4 Estabelecimento de índices e indicadores que a avaliação do impacto da ação antrópica na drenagem urbana, 5 Estimação de respostas da bacia a intervenções previstas e à evolução da ocupação do solo, em relação aos aspectos de quantidade e qualidade do escoamento.

Prof. Marlllus Gustavo Ferreira Passos das Neves
2012-Atual Vetenskapsradet (Suécia) Improve modellling for long- and short-term flood forecasting in temperate and semi-arid/tropical watersheds

This cooperation integrates efforts in the area of climatology and water resources engineering and, as such, characterizes a multidisciplinary cooperation. The group of scientists involved is composed by hydrologists, climatologists and engineers with a common interest in the use of atmospherical information for hydrological modeling. Such a diverse research group allows research to be developed that can focus on one of the most difficult subjects in natural sciences: the interaction of time and space scales in the hydrologic regimes in Brazilian watersheds subject to semi-arid/tropical climate. Despite of being strongly affected by severe dry periods, which may long several months, a year or persist along two or more years, flooding is also a major problem in this area. This is mostly due to shallow soils which provide rapid response to rainfall, highly concentrated in three-four months. Deficiency in infrastructure and in governmental apparatus and actions, together with lack of availability of local technically sound knowledge in this issue, substantially increase the vulnerability of the region to flooding disasters. Recently, there have been advances in the knowledge and in the use of atmospheric information, but there is still a huge scientific gap regarding the effect of climate variability and change on hydrological regimes at Brazilian semi-arid/tropical regions considering different time and space scales. Therefore, this research proposal has as a main goal filling parts of this gap by evaluating in detail precipitation forecasts and by using climate indexes, a regional atmospheric model coupled to a conceptual hydrological model, as well as, stochastic and conceptual hydrological modeling to produce short- and long-term flooding forecasts for semi-arid/tropical watersheds

Carlos Ruberto Fragoso Júnior / Cintia B. Uvo / Adriano Rolim da Paz
2011-Atual Finep MAPLU - Manejo de águas pluviais: monitoramento, modelagem, desenvolvimento de tecnologias de baixo impacto e de instrumentos para a gestão de águas pluviais em meio urbano

Desenvolver soluções urbanísticas e ambientalmente adequadas de manejo de águas pluviais para a redução do impacto sobre o hidrograma de enchentes, com especial atenção para a qualidade da água, o controle de vetores e a gestão de resíduos sólidos, em bacias experimentais urbanas.

Prof. Vladimir Caramori Borges de Souza
2011-Atual CNPq Projeto PROCAD / Casadinho - Monitoramento Avançado de Processos Biotecnológicos e de Qualidade Ambiental

Projeto de pesquisa integrado dos grupos de pesquisa vinculados ao Programa de Pós-Graduação em Recursos Hídricos e Saneamento (PPGRHS) da UFAL e ao Programa de Pós-Graduação em Engenharia Hidráulica e Saneamento (PPG-SHS) da EESC/USP. A proposta é realizada no âmbito do Edital MCTI/CNPq/MEC/Capes - Ação Transversal nº06/2011 Casadinho/Procad. O foco de atuação do projeto de pesquisa integrado é a aplicação de metodologias moleculares e clássicas de estudo de comunidades microbianas em processos de saneamento ambiental, tanto em escala de bancada/piloto quanto em escala real. Para isso, será implantada estrutura adequada no Laboratório de Saneamento Ambiental (LSA) do CTEC/UFAL, vinculado ao PPGRHS. Também será estudada a aplicação de técnicas moleculares para a detecção de organismos patogênicos no ambiente, especialmente no ambiente urbano. A equipe proponente da UFAL é composta de cinco docentes doutores do PPGRHS/UFAL, e tem como coordenador o Prof. Dr. Roberto Caffaro Filho, biólogo, o qual possui experiência na área de Microbiologia, com ênfase em Microbiologia Aplicada ao Saneamento Ambiental, e na utilização de técnicas de Biologia Molecular. A equipe da instituição consolidada é composta de 4 docentes doutores e uma técnica doutora do PPG-SHS/EESC-USP, todos com grande experiência na área de Biologia Molecular Aplicada ao Saneamento e terá como interlocutora a Profa. Dra. Márcia Damianovic. O intercâmbio de pesquisadores e alunos entre os três centros de pesquisas diretamente envolvidos no projeto possibilitará a formação teórica e prática de alta qualidade aos docentes e recursos humanos formados no Programa de Pós-Graduação em Recursos Hídricos e Saneamento da UFAL

Roberto Augusto Caffaro Filho / Nélia Henriques Callado
2012-Atual Finep Rede Nacional de Tratamento de Esgoto Descentralizados ReNTED

A Rede Nacional de Tratamento de Esgoto Descentralizados ReNTED tem como objetivo geral desenvolver sistemas locais e descentralizados de manejo de águas residuárias de origem doméstica, incluindo aspectos de sustentabilidade e de gerenciamento de subprodutos líquidos, sólidos e gasosos. Para tanto foram criados 5 sub-projetos, quais sejam: Sub-1: gerenciamento, integração e desenvolvimento da rede de tratamento de Esgoto Descentralizados (GESTED), Sub -2: Caracterização de águas residuárias e de origem doméstica segregadas ou não segregadas (CARARD) , Sub-3: Sistemas de manejo de águas residuárias de origem doméstica em empreendimentos habitacionais (SIMARD). Sub-4: Gerenciamento de sub-produtos líquidos, sólidos e gasosos do tratamento de águas residuárias em empreendimentos habitacionais (GESUPRO) e Sub-5: Avaliação sustentabilidade de sistemas de manejo de águas residuárias de origem doméstica em empreendimentos habitacionais (SUSIMARD). Todas as 13 instituições participantes estão inseridas em todos os supracitados sub-projetos, com exceção da UFPA e UFAL que não participarão do Sub-3 e a UFAL que não participa do Sub-5. A RENTED tem os seguintes objetivos específicos: 1. Realizar estudos de caracterização qualitativa e quantitativa de águas residuárias de origem doméstica 2. Aprimorar sistemas uni e multifamiliares de tratamento de águas residuárias 3. Desenvolver sistemas hidro-sanitários com vista a segregação das águas residuárias 4. Desenvolver soluções para disposição ou reuso urbano dos efluentes tratados 5. Desenvolver soluções para disposição de resíduos sólidos gerados no tratado de águas residuárias 6. Desenvolver soluções para controle de emissões gasosas do tratamento de águas residuárias de origem doméstica em empreendimentos habitacionais 7. Realizar estudos de viabilidade econômica, análise do ciclo de vida, pegada ecológica e avaliação quantitativa de riscos biológicos e químicos

Karina Ribeiro Salomon / Roberto Caffaro Filho
2011-Atual FINEP Subsídios para o desenvolvimento de indicadores do estado da pesca artesanal/SINPESCA

A proposta visa estruturar a implementação de infraestrutura física e a aquisição de equipamentos para equipe multicampi com atuação direta na área de pesca, visando à realização de atividades de pesquisa, desenvolvimento tecnológico e inovação de interesse de gestores e usuários de recursos pesqueiros explotados pela pesca extrativa artesanal costeira. Neste processo, será gerado um modelo computacional e um protocolo de ação que permita tanto a pesquisadores efetuarem investigações em alto nível, quanto a gestores e usuários terem acesso a informações adequadas e simplificadas da condição do sistema de produção biológico, pesqueiro e de mercado. A proposta também pretende incorporar atividades preparatórias para implementar o DNA barcode para recursos pesqueiros da região de forma integrada e efetuará formação de RH em nível de graduação e Pós-Graduação. Os resultados, tanto em termos das variáveis de referência, quanto em termos de programas computacionais desenvolvidos, poderão ter efeito multiplicativo, sendo utilizável em todo o litoral nordeste oriental brasileiro e, com adaptações, também nos demais sistemas pesqueiros artesanais de ambientes costeiros do país.

Prof. Carlos Ruberto Fragoso Jr.

Programa de Pós-Graduação em Recursos Hídricos e Saneamento - PPGRHS/UFAL
2020 © Todos os Direitos Reservados
FacebookTwitter